Dia Internacional da Mulher #SSE

Escrito em .

   

Na verdade eu espero e desejo que em breve esse dia não exista mais, ou melhor não seja mais necessário. E para que isso aconteça, todos, mulheres e homens precisam trabalhar juntos para que exista equidade, para que a violência de gênero acabe e que todos sejam respeitados da mesma forma. Ok, parece impossível, mas prefiro acreditar que não!

Minha homenagem nesse dia vai para 4 mulheres bem diferentes, mas que têm em comum a vontade de fazer diferença através de suas ações.

Lina Bo Bardi, arquiteta brasileira de origem italiana (1914-1992). É responsável por inovações estéticas importantes na arquitetura nacional, entre elas o desenho arrojado, o uso de novos revestimentos, como concreto ou tijolo aparentes. Desenvolveu uma imensa admiração pela cultura popular brasileira.

a modelo Natalia Vodianova que correu a meia maratona antes de ontem em Paris para arrecadar fundos em prol da "Naked Heart Foundation" e logo depois apareceu nas passarelas da Givenchy

 

Flordelis é uma missionária brasileira que criou coragem e se embrenhou nas favelas do Rio de Janeiro e abrigou mais de 40 crianças carentes, fragilizadas pela guerra do tráfico naqueles lugares.

 

a incrível Hebe Camargo, exemplo de superação e força de trabalho!

(foto Daniel Klajmic)

Bjs a todos e um especial para minha irmã Francesca!

Love

Chiara